Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Momentos de tédio

16.07.15, S.C.Jesus

15/08/2014

Querido Pessoa:

            Estas preturbações de alma inquetam-me ! Que horrível este tédio... Não ter nada de produtivo para fazer. Apenas contigo a paz regressa ao meu espírito! Mas que férias... Tem dias que passeio, e me divirto a valer. E outros que entro em completo aborrecimento! Mas que fazer? Quando não possuo nada para fazer? 

Encontro-me desejosa de entrar noutra etapa da minha vida: a universidade. E pretendo completa-la com exito! Quem sabe ser uma grande jornalista ... Ou tradutora... Ou então algo mais! Mas o meu sonho de ser um dia escritura continua. Um dia o serei! Acredita em mim. Eu tenho realizado todos os meus sonhos, pelo o menos os maiores!

             Já ninguém quer saber de cultura! Nem de lutar pelos próprios sonhos. Só o dinheiro move o mundo! Queria viajar pelo mundo fora, mas o vil metal me impede. Sem este vil metal, já ninguém tem nada, nem vai a lado nenhum! Se o dinheiro não existisse, as coisas seriam muito mais fácies. Mas o que estou para aí a falar, Pessoa... As pessoas já não conseguem sobreviver sem dinheiro, dá para acreditar? Só resta trabalhar muito, para ter metal sufeciente para as minhas viagens. 

Até breve, meu amigo! E lembra-te sempre, desta triste alma. Certifica-te que passas bem, nessa tua outra existencia... 

      Da tua eterna desconhecida,

Sara Jesus

2 comentários

Comentar post