Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Filmes clássicos

12.07.18, S.C.Jesus

A opinião de hoje abordará alguns filmes mas dará especial relevo ao filme "Princess Bride", que tal como "Love Simon" é baseado num livro.

 Vou ser sincera. Não custmava assitir muitos filmes clássicos. Um dos primeiros que vi foi "Quanto mais quente melhor" é que a protagonista era Marilyn Monroe. Um filme muito divertido em que ela mostra os seus dotes músicas. Que voz doce ela tinha!

 

Outro clássico que me marcou foi "E todo o vento levou". Nunca li a obra. Mas fiquei completamente apaixonada pelo filme. Apenas não me agradou o final. Scarlett OHara era sem dúvida uma belíssima e talentosa nascinada no ínicio do século XX. O que mais agradou-me no filme foi o amor intempestivo entre Vivian e Rhett.

 

Um clássico que assisti recentemente, e que já publiquei a opinião do livro, foi "O carteiro de Pablo Neruda". Amo os sonetos de Neruda. E esse fime já entrou para lista dos meus preferidos. Por tratar de uma amizade genúina entre um simples carteiro e o poeta chileno.

 

 

Por fim abordarei o filme clássico que li hoje. Primeiro adianto-vos que li o livro primeiro e me prendeu completamente. É um conto de fadas modernos. O filme tem mais acção e premite-nos visualizar as cenas de  romantismo entre Weslay e a sua princesa. Adorei também a história de Indigo e Fizzy.

 

 

      Este é o  nobre Indigo. Exelente espadachim. Apenas derrotado pelo homem de negro, que acaba por tornar-se num dos seus melhores amigos

 

O rei é o noivo da princesa, um dos vilões da história que faz todo para separar Wesley da sua amada. E o outro senhor é o conde e o responsável pela morte do pai de Indigo. O Indigo verá de todo para vingar-se da morte do pai, inclusive matar.

 

 Este é o meu  momento preferido de todo o filme. Pois é quando a princesa descobre que o seu amado não está morto. Ele é agora um temível pirata mas fará de todo para premanecer ao seu lado. Mesmo que isso signifique sofre a mais terrível das dores.

É com este menino que a história começa. Pois todo o filme é narração da história que um avó conta ao seu neto. E ele acaba por se render as aventuras e aos momentos de paixão do livro. O avó consegue que o menino cative o gosto pela leitura

 

O que acharam desta opinião? E para quem já asistiu o filme, aconselho a ler o livro é uma daquelas histórias recheadas de aventuras de piratas, bruxas, principes e princesas. E claro é a história de um grande amor que dura para sempre. O que pensam? Acham que o filme é melhor do que o livro ou vice versa?

 

No grupo do blog está rolando uma sondagem. Para eu saber que tipo de posts gostam mais. E conforme o resultado eu farei mais posts sobre esse tópico.

 

Enquando isso. Boas férias, aproveitem para lerem e assitirem bons filmes!

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.