Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog pretendo demonstrar alguns dos livros mais entusiasmantes que leio, assim como séries e filmes.

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog pretendo demonstrar alguns dos livros mais entusiasmantes que leio, assim como séries e filmes.

Livros de escritoras portuguesas

28.08.22, S.C.Jesus

         

   Muitos afirmam que Portugal não tem produzido novos escritores. Que os livros que se publica nos dias de hoje não tem valor. Vivem ainda muito agarrados a passado elogiando as obras de Eça de Queirós ou a poesia de Camões. E esquecem-se de estarem atentos aos novos talentos.

Camões e Eça de Queirós, assim como o meu querido Pessoa e o grande Saramago sempre terão lugar. Eu admiro muito as suas obras, mas acho que não podemos ficar eternamente agarrados ao passado. Também precisamos de ler os novos escritores, dar oportunidade aos novos talentos de brilharem um pouco. Pois nem todos sentem-se confortáveis de ler os grandes nomes, e lendo outro escritor com uma linguagem mais acessivel pode fazer determinados leitores a querer ler mais em português. 

Apesar de ler muito na lingua inglesa, e de ser confortado todos os dias com livros estrangeiros, tento ler pelo menos um livro de um autor português. Para mim é fundamental estar a par do que se publica na atualidade em Portugal, e quais são os livros recentes que me cativam.

  Já li 13 livros de autores portugueses até o momento. Corresponde um número minimo em comparação aos livros estrangeiros, uma vez que já li mais de cem livros. Mas como se diz o que interessa é a qualidade e não a quantidade. E desses 13 livros apenas dois não me preenderam. Irei destacar os dois livros mais recentes, que possuem enredos cativantes.

Maria Issac já é uma escritora que conhecia através do livro "Onde cantam os grilos"(se encontra na minha lista de livros favoritos do ano passado), e voltou-me a encantar com este "O que dizer das flores". Os seus romances são sempre passados num ambiente rural, nos levando de volta as nossas origens portuguesas do século XIX. Catalina, tal como Formiga, encantou-me pela sua curiosidade e vontade de descobrir os segredos de Mont-o-Ver. E os finais são sempre supreendentes, meio melancolicos e com gostinho de quer mais. Estarei ansiosa para ler o seu próximo livro... 

Marlene Ferraz descobri este ano através de algumas publicações de booktamgs portugueses, e tornou-se num dos meus livros favoritos deste ano. "As falsas memórias de Manoel Luz" é um livro para os apaixonados por flores, borboletas e livros. A história de um rapaz divido no seu amor pelo pai florido e sua admiração pelo editor Prudente.Esta também é a história da rapariga estrangeira, da filha com nome de flor bravia e do rapaz louco escritor de biografias. Uma homenagem a nossa maravilhosa língua portuguesa, e a nosso poeta multiplicado Fernando Pessoa. Fiquei curiosa em ler os outos livros que já tem publicado. O que me chamou mais atenção foi "A vida inútil de José Homem". 

    Pretendo este ano ainda ler mais autores portugueses, como faço parte da comunidade do Bookgang estou pensando ler este ano os livros de Susana Amaro e Helena Magalhães. Se os seus livros me cativarem faço uma segunda parte desta opinião, obordando os livros dessas escritoras e os motivos pelo quais acho que devem le-las. 

Tentem ler mais na nossa lingua, não tem de ser necessariamente as escritoras que indiquei. O mercado literário português possui muitos escritores de qualidade, tenho a certeza que encontraram algum do vosso agrado.

Desejo-vos um bom domigo, e boas leituras!

Sugestões de livros e séries para assistir no verão

15.08.22, S.C.Jesus

    Já estamos chegando ao meio de Agosto, e queria partilhar com os meus leitores as minhas leituras de verão e também algumas séries que assisti recentemente. Talvez alguns destes livros vos desperte o interesse, e mesmo que não fiquem muito interessados podem sempre encontrar outros que vos interessem. 

Tem sido um verão rico em leituras. Alguns livros com temáticas mais pesadas, outros mais leves e outros com narrativas emocionantes. Partilho-vos quatro livros que os podem ler na praia ou no campo desfrutando de um bom momento em familia e com amigos. 

9781728206028.jpg        

     

The devil in the dark water : um thriller histórico passado em alto mar com uma dupla de dectetives a lembrar o Sherlock Holmes, que melhor livro para ler nas tardes quentes de agosto? Arent é um antigo mercenário encarregado de proteger Samuel Pipps, que se é prisioneiro de um barco assombrado por um demônio lendário. Será ele juntamente com Sara que tentaram descobrir a verdade sobre este demónio.
Quem tenta destruir o barco? Existirá mesmo um demônio? Que segredos escondem os passageiros deste barco?Um livro que os deixará em choque no final. 

O dicionário das palavras perdidas: este é um romance histórico que nos levará a repensar no modo como veemos as palavras, e a entendermos o motivo porque certas palavras eram mais importantes do que outros. Também o demonstra o papel importante das mulheres na criação do primeiro dicionário de Oxford.

"O dicionário das palavras perdidas" narra a história de Esma, uma jovem órfã criada no scriptum de Oxford. Ela irá testemunhar o nascimento do primeiro dicionário de Oxford, e aprenderá que nem todas palavras eram dignas de pertencer ao dicionário. Para que essas palavras não fossem esquecidas, Esme cria o seu próprio dicionário feito de palavras de mulheres do povo e pessoas da classe baixa.

Howls Moving castle:  para quem como eu assistiu como eu a animação em criança, irá se deliciar com esta leitura e relembrará muitos momentos doces da infancia. E mesmo que não tenham assistido ao filme, este é um livro que irá encantar aqueles leitores que procuram uma leitura mais leve e amorosa. Porque no verão queremos livros que nos aqueçam o coração.

 Apresenta-nos Sophia, uma jovem que desde cedo foi forçada a lidar com muitas responsabilidades mas quando uma bruxa a torna numa velha ela forma alianças e amizades improváveis. Howl é o feiticeiro mais carismático que se mostra maléfico no inicio mas na verdade tem um coração de ouro. Michael é o amigo mais fiel, adorei a dedicação do aprendiz com o seu mestre. E o demónio Calcier, simplesmente dos demónios mais engraçados que conheci.

Malibu rising: Muito provavelmente devem estar fartos de receber recomendações dos livros de Taylor Jenkins Reid, eu também não compreendia toda este "febre" por essa escritora antes de ler os seus livros. Contudo quando li no inicio do ano "Os sete maridos de Evelyn Hugo" compreendi o motivo de tantos leitores a adorarem. Deve-se o facto de  nos indentificarmos  com suas personagens, de elas parecem que de facto existiram. 

Apesar de não ter gostado tanto como o de Evelyn, foi uma leitura bastante agradável e perfeita para ler no verão. Acompanhamos 24 horas da família Riva, numa das famosas festas da Nina Riva.Adorei todo o ambiente envolvendo Malibu, o surf e as referências a Portugal. Principalmente o facto de o sonho de Nina ser viver na Madeira.

 

   Como estou stressada para acabar a minha dissertação de mestrado, tenho preferido assistir séries mais leves e com ambientes menos dramáticos. Principlamente tenho tentado assistir mais séries de comédia, e deixado um pouco de parte as séries de drama histórico. E com isso descobri uma nova séria favorita, que já tinha conhecimento anteriormente mas que por algum motivo pensei não ser para mim.

 

   

"Only murders in the building" é uma série de comédia mistério protagonizada por Selena Gomez, Steve Martin e Martin Short. Composta por dez episódios , criada por Steve Martin e John Huffaman e atualmente já está na sua segunda temporada. Mas apenas tive tempo de assistir a primeira.

Seguimos a vida de 3 estranhos que vivem no mesmo prédio e partilham uma obessessão por solucionar crimes. Todos são fãs de um podcast inspirado em crimes reais, e acabam por criar o seu próprio podcast quando acontece um verdadeiro assassinaro no prédio em que vivem. 

O que mais gostei desta série foi o facto de em cada episodio sermos apresentado a vida de um personagem, e no fim precebemos como essas histórias pessoas são importantes para entendermos quem é o verdadeiro assassino. Ansiosa para assistir a segunda temporada, e espero que aja uma terceira. 

 

     

"The sandman" é uma série de fantasia negra, eu sei que disse que estava assistindo ultimamente séries mais leves mas esta é a exceção, baseada nos livros de banda desenhada de Neil Gaiman & Sam Kieth. Neil Gaiman também é um dos protodores executivos, por isso garantiu que não houvesse grandes transformações na narrativa original. Acompanhamos a jornada de Morpheus, senhor da Terra do sonho, que depois de estar séculos prisioneiro no mundo dos humanos irá tentar recuperar as suas reliquias e rerguer o seu reino. Possui uns visuais incriveis, e efeitos de nivel cinematográfico. 

Confesso que apenas tive curiosidade em começar a ler esta banda desenhada depois do anuncio da série, do qual fiquei maravilhado depois de asistir o trailer. E já estou lendo o terceiro volume, por isso podemos dizer que já estou completamente submersa neste mundo.  A série possui, tal com a anterior, dez episódios. 

Ainda não terminei de assistir, apenas vi quatro capitulos. Mas já foram narradas algumas das principais cenas do primeiro livro. E fiquei supreendi com a quantidade de talento e de rostos conhecidos, desde o actor principal Tom Sturridge ( a escolha perfeita para o Dreamer), Gwendoline Christie como o Lucifer (provavelmente devem reconhece-la pelo seu papel de Brienne na Guerra dos Tronos), Charles Dance (também da Guerra dos Tronos), Jenna Coleman (Doctor Who e Victoria) e David Thewils (Harry Potter).

 

Espero que estejam tendo um verão fantástico e tendo exelentes leituras. Se quiserem partilhem os vossos melhores livros.