Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Viver depois de ti, uma simples história de amor ou um rio de lágrimas?

por S.C.Jesus, em 20.08.16

 

    Hoje ofereco--vos um post diferente do habitual. Atevi-me a fazer a minha primeira crítica cinemátografica. Todos já devem conhecer o filme " Viver depois de ti", tanto o filme como o livro. É o filme do momento. E todas as raparigas estão ansiosas por assistir... E chorar vendo o final!

Confenço que não esperava me emocionar com o filme. Sabia a sua história, e também afirmaram que era melhor do que " A culpa é das estrelas". Mas pensei que seria mais um drama romantico. Ah, como me enganei... Literalmente veiu lágrimas as olhos, e o filme ainda não tinha acabado.

      " Viver depois de ti" é baseado no livro de Jojo Mayes. Eu ainda não tive oportunidade de o ler, mas teciono ler em breve. O filme narra a história de Will, um rapaz saudável que gosta de aventura, que sofre um acidente e fica inválido. Will fica paralítico, perdeu a alegria de viver e nada o motiva a continuar.

 

 

Louisa, uma jovem engraçada e extravagante, é contratada para trabalhar como sua acompanhante. A sua função é dar-lhe conforto. Contudo, nada parece faze-lo feliz. Até que ela tem a brilhante ideia de fazer uma lista de eventos para Will, conseguindo com que ele sorrie e divirta-se um pouco.

 

 

    (Amei o vestido vermelho. Emilia Clarke ficou uma verdadeira musa nele! )

 

Aos poucos nasce uma linda amizade, que se transforma em amor. Will recupera a felicidade, querendo que a sua protectora viva o máximo e aproveita a sua vida da melhor forma.

 

 

    Todo leva a querer que os dois ficam juntos no fim, não é ? Afinal dois jovens enamorados, que desejam o bem um do outro, terminam casando. No entanto, não é bem assim que o fime termina. Acaba de uma forma triste. Não irei contar-vos para não estragar o filme, para quem ainda não teve oportunidade de ver. Mas posso afirmar-vos que este foi um dos poucos filmes que me fez chorar... Fazendo-me rir, amar, festejar, relaxar, etc.

Termino  minha crítica deixando-vos uma das minhas músicas preferidas do filme, aliás toda a banda sonora é fantástica, " Not today" dos Imagine Dragons.

 

   

  Espero que tenha sido do vosso agrado a resenha, e que vejam o filme. Depois digam-me se também se emocionaram ao tanto como eu !

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos