Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Desabafos á Fernando Pessoa

Neste blog tratarei de falar-vos de poesia, nomeadamente de boa poesia. Espero que gostem...

Relendo Harry Potter # 7 livro: Harry Potter e os talismãs da morte

por S.C.Jesus, em 31.08.16

 

Conclusão da maratona do Harry Potter

 

 

       Finalmente chegou ao fim desta mágica aventura. Com muita tristeza minha digo adeus ao mais famoso feiticeiro de todos os tempos! Harry Potter é um livro que marcou uma geração de jovens, e continuará a deixar marcas. Tornar-se-á um clássico num futuro próximo. 

Este último volume desvenda todos os segredos. Depois de seis volumes sabemos, enfim, o significado da misteriosa ligação entre Harry e o Senhor das Trevas. Quem vencerá no fim? Poderá um viver enquanto o outro morrer? E também acompanhamos a viagem de Harry, Ron e Hermione em busca dos horcouxes.

     É o livro mais emotivo de todo a saga. Nele compreendemos duas personagens emblemáticas: Dumbledor e Snape. Precebe-se que o antigo director não era tão perfeito como parecia ser. Também ele tinha segredos. Alguns bem tenebrosos. E por vezes sentimos raiva, desta personagem que nos era tão querida!

Quanto a Snape, na minha opinião, é o processo inverso. Se no ínicio o odiávamos por ser tão maldoso com o Harry, no fim temos compaixão dele. Queria que ele fosse feliz... Ele, no fim de contas, sempre fez de todo para proteger o rapaz que sobreviveu!

      O que mais nos supreende é o fim. Pensamos que todo está perdido, quando na verdade há sempre uma luz no fundo do túnel. Harry Potter ensinou-nos a acreditar nas nossas capacidades, mostrado-nos que os verdadeiros amigos são aqueles que premanecem conosco até ao fim. E por fim revela-nos que até os melhores erram. Todos temos o direito de sonhar. E devemos sempre lutar, e nunca desistir pelos nossos obejectivos.

Por último, queria declarar que comecei a ler o oitavo livro. No entanto não pretendo conclui-lo em breve. Pois não estou sendo transportada pelo mesmo ambiente mágico. Apenas uma personagem me fascina, o jovem Scorpious. Quando o terminar publicarei algumas palavras sobre o livro.

    Foi com muito prazer que entrei nesta maratona. Harry Potter nunca perde o seu encanto! Espero ter podido influenciar outros jovens a embarcar em Hogwards. 

Os miseráveis: livro ou filme?

por S.C.Jesus, em 30.08.16

 

    Este grande clássico de Victor Hugo é dos romances mais memoráveis da literatura francesa e mundial. 

Os miseráveis relata os acontecimentos posteriores a revolução francesa, apresentado-nos um povo revoltado e esfomedo. Um povo desiludido com a sua nação, obrigado a servir de novo a um rei. É neste ambiente de miséria que conhecemos de Jean  Veljan, um homem que é condenado ao exílio por ter roubado apenas um pedaço de pão. Quando é lhe concebida liberdade condicional, ele foge e procura o caminho da redenção. 

 

 

    Só quando conhece Fanine, uma mulher obrigada a prostituir-se para sustentar sua filha, que o caminho de Veljan muda de direcção. Ele compromete-se perante a morte dela, de cuidar da sua filha e dar-lhe o seu nome. 

Cosete, uma menina que viveu toda a sua vida fechada no covento, não compreende o motivo de seu pai não querer falar do seu passado. Marius, um jovem nobre que está do lado da ressistencia, apaixona-se por Cosete e por ela é capaz de cometer as maiores loucuras. E o último miserável, mas fundamental na nossa história, a jovem Eponina que ama em segredo Marius e sofre em silencio pelo seu amor não ser correspondido. 

   Ao longo da obra sofremos com a jornada de Jean Veljan, não compreendemos o motivo de Javert odiá-lo tanto. E queremos que ele encontre a almejada felicidade. Também amamos a doce Cosete, a relação estabelicidade entre ela e Veljan é das mais emocioantes da literatura universal. 

Victor Hugo descreve com minusidade o ambiente vivido na França, a miséria e a revolução. Os miséraveis não é apenas a história de Jean Veljan e de Cosete, é também a história de um povo que luta pela sua liberdade e que jamais desiste da sua pátria.

 

 

   A adaptação feita em 2012 é , na minha opinião, a melhor até agora realizada. Teve tanto sucesso que ganhou o Óscar para melhor filme, e o Óscar para a melhor atriz secundária ( Anne Hathaway, no papel de Fanine). 

A equipa aventurou-se em transformar este grande clássico num musical, e o resultado foi um filme de qualidade exemplar. É de louvar principlamente as intrepretações de Fanine, Jean Veljan e Eponine.

 

 

   Os momentos mais emocionates é a intrepretação " I dreamed I dream"; quando Valjen descobre o amor através de Cosete; a canção de desespero de Eponine; a música da revolução.

 

 

 

 

 

  

  Difícil é afirmar qual dos dois é melhor: livro ou filme. Não consigo escolher. Pois existem passagens que prefiro no livro, o romance de Marius e Cosete, enquanto que no filme simpátizo mais com Eponine. E personagens mais no filme, como é o caso de Eponina. E na vossa opinião: qual dos dois é o melhor? Preferem o livro ou filme? Deixem as vossas opiniões nos comentários. 

 

Músicas que marcaram a minha infância

por S.C.Jesus, em 25.08.16

 

    Há muitas músicas que nos tocam o coração, seja pela sua letra ou o ritmo da sua música. Mas existem músicas que permanecem para sempre na nossa memória, pelo facto de terem o poder de fazer-nos lembrar de momentos da nossa vida. É sobre esse tópico que o post de hoje tratara.

Em primeiro lugar falarei das músicas que acompanham a minha vida, as primeiras que de facto me marcaram

 

 

   A primeiro vez que ouvi esta bela canção foi na minha aula de Música. Depois de aprende-la a tocar na flauta, fiquei completamente viciada na letra. Tal como na canção " I am a big girl, and  big big world..." . Por vezes sentimo-nos sozinhos no meio de tantas pessoas, e só com as pessoas que nos são proximas sentimos que temos valor. Esta música me ensinou a dar valor a essas pessoas!

 

 

 

   Sempre que oiço esta melodia sou transportada no tempo. Regresso a minha infancia, relembro os bons momentos e faz-me refletir sobre as minhas decisões. É uma das músicas que mais me toca, e umas das canções que mais me intentifica. " A thousand miles" interoga-nos sobre o que variamos se podessemos voltar atrás no tempo.

 

 

   Esta foi a " boys band" que acompanhou a minha infancia e adolescencia. Westiife ficou conhecida por fazer coveres de músicas famosas do anos 80, por causa deles eu sou apaixonado por essa decáda. Esta é a minha preferida, com um a letra bastante divertida e um ritmo muito dançante. 

 

 

 

   Christina Aguilera é uma das minhas artistas predilectas. Possui uma voz poderosa, e uma das músicas mais lindas da nossa geração. " Beauthiful" é uma das músicas que mais me toca, porque durante a minha infancia foram muitas as vezes que eu me senti feia e achei que não tinha valor. E sempre que escuto esta canção eu senti orgulhosa de mim mesma, e sei que sou capaz de realizar todos os meus objetivos. 

 

 

 

    Alicia Keys é uma das cantoras completas do século XX/ XXI. Para além de ter uma voz poderosa, ela é uma compositora fabolosa. E todas as suas canções são maravilhosas. O  seu grande sucesso foi esta canção, " No one" que cheguei a cantar nas minhas aulas de Música. 

 

 

 

 

   Desde que ouvi pela primeira vez a voz desta grande mulher com a canção " Listen" ... Fiquei completamente supreendida! Ela uma verdadeira musa. E adoro as músicas do ínicio da sua carreira. " Halo" pode ser uma música romantica, mas sempre transmitiu-me uma grande força e poder de me transformar.

 

 

Sempre foi uma rapariga muito sonhadora, que eu pequena acreditava em príncipes encantadas. E uma das minhas histórias preferidas era a Cinderela. Assim como " Romeu e Julieta". Esta música é inpirada na peça de Shaskespeare. Gosto muito das letras de Taylor Swift porque elas contam histórias, e me fazem acreditar em finais felizes. 

 

 

Uma das minhas bandas de eleição é os Coldplay. Ao contrário de muitas outras, que não passam de caras bonitas, esta banda tem muito pontecial e está sempre repleta de originalidade. " Fix you"  faz-nos ver que as dificuldades podem ser ultrapassadas, que nunca devemo-nos dar por vencidos porque sempre há uma luz ao fim do túnel. Haverá sempre uma forma de curamos a perda de um grande amor, de uma pessoa querida, do fim de uma etapa ou de um sonho que não conseguimos realizar. Nunca devemos desistir!

 

 

   Uma das músicas mais poderosas que alguma vez ouvi. Emi Sandé uma artista da nova geração com muito talento, que merece maior reconhecimento. Já ouvi outros artistas dizerem que as suas músicas são de " avózinha"... Mas estão muito enganados. Quem disse tal disparate, não compreendeu a profundida das suas composições. " Read all about it" é uma letras mais profundas do seu album, em que ela refere a importancia das palavras e a importancia da nossa voz. Devemos agir, não conformarmos e nos fazer ouvir.

 

 

    Esta cantora pode ser muito jovem, mas já é muita talentosa. A sua voz é bastante melancólica, e com letras muito tristes até. Mas que sempre tem o poder de me fazer emocionar. " Skinny love" fez-me apaixonar por a voz desta voz de anjo, que se chama Jasmine mas utilize o nome arististíco de Birdy.

 

 

Um de uns artistas mais famosos do momento é Ed Sheeren, um cantor com letras muito sentimentalistas que nos tocam a todos. Quem ainda não ouviu " Thinking out loud"? Fiquei encantada quando vi aquele vídeo, que combina na perfeição com a letra da música. Contudo é " Photograph" que de facto que me transporta aos momentos felizes, me faz querer ser de novo criança. 

 

 

  Passager é também um artista ingles. Mas infelizmente não é tão conhecido. É uma pena pois ele tem letras magníficas. No entanto, a sua única música conhecida é " Let her go". E existem outras com muito mais interesse. Um desses exemplos é " Life´s for the living" que nos ensina a dar importancia ao presente, não lamentando os mortos nem o passado. Devemos seguir em frente, " Don´t cry for the lost, smile for the living... Or o better of dead!". É a letra mais póetica mais recente. E espero que com esta partilha, ela possa ser mais conhecida e que com ela também saibam aproveitar a vida. 

 

 

  É com prazer que vejo que ainda podemos encontrar novos artistas com talento. Um desses talentosos é a banda Kodaline que começou a fazer com sucesso com esta balada. Para muitos esta canção pode ser uma simples música de amor. Mas para mim é uma viragem na minha vida, a passagem da adolescencia para o mundo adulto. As minhas " high hopes" de ter sucesso, " high hopes" de ser feliz, " high hopes" de realizar os meus sonhos... Invade-me uma nostalegia quando a escuto! 

 

   Também há canções que são gritos de revolta, e fazem com que pensamos em acontecimentos do nosso mundo ou de nossa História. Um desses exemplos é " Glory" a música composta para o filme Selma, que aliás ganhou o Oscar de melhor canção original, e nos mostra o sofrimento do povo afro-americano. É um grito de revolta perante a escravidão e o preconceito que os negros sofreram.

 

 

  Outra é a música " Change" escrita por Christina Aguileira aproposito a massacre de Orlando, e que também aborda sobre o preconceito mas desta vez refere-se aos homessexuais. Fala-nos sobretudo na mudança. Na espera de uma transformação do mundo, em que a crueldade está sempre presente. Será que alguma vez mudará?

 

 

 

Uma das músicas que mais me carateriza é a canção" Invisible". Escrita por um jovem americano chamado Hunter Hayes e que aborda um grave problema da nossa sociedade: o bullying. Também já foi uma das vítimas. Muitas vezes invisível, sozinha e abandonada. Não acreditava que merecia compaixão, que tivesse capacidades e que alguém gostasse de mim. Por isso a letra desta canção toca-me tanto, fezendo-me ver que todo aquela dor passou e agora sou forte. Sou capaz de enfrentar todos os problemas que me aparecer no caminho... Queria que todos os que já se sentisseram-se invisíveis ouvissem esta canção, e precebessem que não estão sozinhos. Todo tem solução. E com esforço e ajuda de alguém que se preocupa realmente voces podem ultrapassar a vossa solidão!

 

 

 

Para terminar queria partilhar duas músicas portuguesas. Pois os nossos artistas também merecem ser conhecidos. Sara Tavares é uma das minhas preferidas. " Eu sei" também tem o poder de me fazer acreditar em mim, e em Deus.

 

 

Mafalda Veiga é outra das cantoras com mais talento em Portugal. " Cada lugar teu" premanece eternamente no meu coração. 

 

 

  Dos cantores mais recentes, Diogo Piçarra é o que tem feito mais sucesso ( e muito merecido). Desde de que o ouvi no programa Ídolos, Diogo foi um dos artistas portugueses que mais acompanhei. Suas canções são repletas de significado, e fazem-nos refletir sobre a vida e os nossos amores. " Verdadeiro" foi a que mais marcou, porque afirma a importancia de sermos verdadeiros com nós próprios e de vivermos segundo as nossos prespetivas. 

 

 

 

Espero que fiquem a conhecer novos artistas, e ganhem outros gostos. Assim como precebem a importancia de uma letra de uma canção. Queria saber quais são os vossos artistas preferidos? E quais foram as músicas que vos marcaram?

Poema a Alberto Caeiro

por S.C.Jesus, em 23.08.16

Dedico este poema ao mestre, do grande Pessoa... Que ele continua a inspirar as futuras gerações!

 

 

Á Alberto Caeiro

 

Da minha janela eu vejo;

Casas com diferentes cores;

Parecem verdadeiras flores;

E eu vou deambulando dentro delas!

 

Da minha janela eu vejo;

A pequenez da sua gente;

Que nada espera;

E todo pensa alcançar!

 

Sara Jesus

 

 

Viver depois de ti, uma simples história de amor ou um rio de lágrimas?

por S.C.Jesus, em 20.08.16

 

    Hoje ofereco--vos um post diferente do habitual. Atevi-me a fazer a minha primeira crítica cinemátografica. Todos já devem conhecer o filme " Viver depois de ti", tanto o filme como o livro. É o filme do momento. E todas as raparigas estão ansiosas por assistir... E chorar vendo o final!

Confenço que não esperava me emocionar com o filme. Sabia a sua história, e também afirmaram que era melhor do que " A culpa é das estrelas". Mas pensei que seria mais um drama romantico. Ah, como me enganei... Literalmente veiu lágrimas as olhos, e o filme ainda não tinha acabado.

      " Viver depois de ti" é baseado no livro de Jojo Mayes. Eu ainda não tive oportunidade de o ler, mas teciono ler em breve. O filme narra a história de Will, um rapaz saudável que gosta de aventura, que sofre um acidente e fica inválido. Will fica paralítico, perdeu a alegria de viver e nada o motiva a continuar.

 

 

Louisa, uma jovem engraçada e extravagante, é contratada para trabalhar como sua acompanhante. A sua função é dar-lhe conforto. Contudo, nada parece faze-lo feliz. Até que ela tem a brilhante ideia de fazer uma lista de eventos para Will, conseguindo com que ele sorrie e divirta-se um pouco.

 

 

    (Amei o vestido vermelho. Emilia Clarke ficou uma verdadeira musa nele! )

 

Aos poucos nasce uma linda amizade, que se transforma em amor. Will recupera a felicidade, querendo que a sua protectora viva o máximo e aproveita a sua vida da melhor forma.

 

 

    Todo leva a querer que os dois ficam juntos no fim, não é ? Afinal dois jovens enamorados, que desejam o bem um do outro, terminam casando. No entanto, não é bem assim que o fime termina. Acaba de uma forma triste. Não irei contar-vos para não estragar o filme, para quem ainda não teve oportunidade de ver. Mas posso afirmar-vos que este foi um dos poucos filmes que me fez chorar... Fazendo-me rir, amar, festejar, relaxar, etc.

Termino  minha crítica deixando-vos uma das minhas músicas preferidas do filme, aliás toda a banda sonora é fantástica, " Not today" dos Imagine Dragons.

 

   

  Espero que tenha sido do vosso agrado a resenha, e que vejam o filme. Depois digam-me se também se emocionaram ao tanto como eu !

Top 10 dos meus melhores 100 livros

por S.C.Jesus, em 19.08.16

2016 reading challenge, Goodreads

  

   Como tinha referido num post anterior, participei num desafio que consistia em ler o máximo de livros que conseguisse. Desafiei-me a ler 100. E não é que consegui! Mesmo antes do ano acabar...

Para comemorar elego aqui os melhores 10 livros deste desafio. Comecerei por declarar aqueles que gostei, mas que desiludiram-me um pouco.

 

10- As ligações perigosas 

    A única coisa que verdadeiramente prazerosa neste livro é o seu estilo, pois a sua narrativa em composta por cartas. Já as personagens a considero mesquinhas e fúteis, e não existe uma que me cause compaixão. Nem sequer a donzela que a marquesa ousou para vingar-se do seu antigo amante. E o amor do visconde também não me convenceu... Mas apesar de todo merece estar neste top 10, por representar bem a sociedade francesa.

 

9- O Grande Gatsbay 

 

Esperava muito mais deste livro. Ouvi muitas críticas boas, que achei que este seria um dos melhores livros que iria ler. No entanto enganei-me. As personagens femininas são demasiado frágeis e fútis. Só Gatsbay, devido a seu mistério e súbita ascensão de vida, e seu única verdadeiro amigo escapam as minhas críticas. Pois foram estas as únicas personagens que me conquistaram. Na achei que Daisy merece de facto o amor de Jay, pareceu a mim que ela nunca o amou. Apeasar de todo, esta obra não deixa de ser um grande clássico e retrata bem os anos 20. 

 

8- 1984

 

    Não gostei da forma que o nosso mundo é representado neste livro. É um futuro opressivo e demasiado político. Foi um livro que me perturbou bastante, e me fez refletir sobre os defeitos da sociedade. O que aconteceria se a liberdade e o direito de expressarmos perde-se o valor? Um mundo em que a individualidade deixa de ter importancia, e o só o colectivo importa. Uma clássica distopia que faz com que queiramos mudar o mundo...

 

 

Passarei para o 7e 6 lugares. Dois grandes clássicos que apresenta-nos a sociedade russa. E dois grandes génios: Tolstoi e Dostoivevski.

 

7- Guerra e paz 

 

 

    Adoro os livros de Tostoi. Ele representa a sociedade russa como ninguém. Através dele eu pode viajar pela russia, e conheci a sua aristocracia. Li Anne Karenine no meu 8 ano, e foi uma leitura que de facto me supreendeu. Este ano arrisquei na leitura de Guerra e paz. E não me arrepedendo! Já considera um dos melhores livros. A acção se passa no tempo de Napoleão, e aborda as invasões francesas na Rússica. Ao mesmo tempo narra a história de quatro famílias, e analisa as suas alegrias/ sofrimentos em tempo de guerra. 

 

6- Crime e castigo

 

 

     Dostoievski, ao contrário de Tostoi que centra mais no desenvolvimento rural, se centra na opressão urbana. Crime e castigo é um sua obra mais conhecida. Nela apresenta-se um crime e o caminho para a redenção. Conhecemos um jovem estudante, que desiste dos estudos devido a falta de dinheiro e comete um assassínato achando que estava fazendo um bem a sociedade. Segundo ele existem pessoas extaordinárias, como Napoleão, que tem o direito de matar. No entanto, ao longo da obra se aprecebe que não faz parte desse conjunto de pessoas. Todo nos leva a ter compaixão pelo protagonista, sem humilha-lo e querendo que ele encontre o seu final feliz. O fim do livro parece mais um ínicio... Gostaria de saber o que aconteceria depois de ele comprir o castigo!

 

 

 

Apróximamo-nos  cada vez mais dos primeiros lugares. E para mim é difícil escolher tantos livros maravilhos. Os próximos fazem parte da literatura fantástica. Foram dois livros que fizeram sonhar e me levaram , literalmente, as nuvens.

 

 

5- A filha da floresta

 

    Já estou apaixonada pela escrita de Juliet Marillier. Ela tem o poder de contar histórias que parece até magia. Este livro base-se numa lenda celta, e inspira-se n´As brumas de Avalon. É o primeiro livro de uma fantástica triologia, que já conclui. Mas como só podia escolher um, decidi-me pelo primeiro. O livro narra a história de Sorcha, uma menina que vive na floreste junto com os seus seis irmãos. Estes são vítimas de uma maldição que os transforma em cisnes, e ela é a única que pode salva-los. Foi um dos livros mais belos que li... E espero encontrar outros livros dentro deste género!

 

4- A libélula de ambar

 

 

Este livro é o segundo de uma supreendente saga. Desde já vos digo estou completamente apaixonada por Jaime, o guerreiro montanhes. Ele é protector,cavalheiro, patriótico e muito lindo... A história segue a jornada de Claire, uma mulher moderna, que viaja para a Escócia do século XVIII. Na sua estadia ela conhece Jaime, e acaba por casar com ele para proteger-se. Só que a rebelião jacobita assombra a felicidade do casal, pois estava previsto que a clã Fraser, do qual pretence Jaime, perca a batalha. O destino dele passa a ser tentar impedir esse futuro. Estou completamente errendanda na trama de Outlander, e todos os anos lererei mais um livro. 

 

 

    Chegamos aos primeiros lugares. Aqueles livros que mais me emocinaram e que ficaram verdadeiramente no meu coração. Foi muito complicado eleger o primeiro lugar, uma vez que os tres mereciam.Coloquei dois livros na terceira posição. Mas por fim decidi pela escritora que mais admiro. Uma continuação de boas leituras! E espero que tenham aproveitado as recomendações.

 

 

3- Agnes Grey 

    Anne Bronte é uma das irmãs inglesas escritores. A mais feminista das 3 , e na minha opinião que possui uma escrita mais leve. Este ano li dois livros desta escritora, e ambos na língua inglesa. Agnes Grey narra a história de uma rapariga que possui o sonho de ser uma governanta. No entanto, pelo caminho ultrapassará vários obstáculos. Pois os seus púpilos não são as crianças adoráveis que ela esperava. Nessa aldeia ela conhece Mr. Weston e noutre uma admiração profunda por ele. Considero esta personagem uma das mulheres mais independentes e determinadas da literatura. É um grande clássico que vale a pena conhecer!

 

3- Jane Eyer

 

Não há como falar das irmãs Bronte e esquecer-se de Charlotte... Foi ela criou Jane Eyre, outra das personagens femininas inesqueciveis. Jane é uma donzela ófrã educada numa instituição, onde é muito mal tratada. E só conhece a felicidade quando vai trabalhar na mansão de um homem rico. Com a convivencia, ela acaba por se apaixonar pelo patrão. Mas devido ao seu passado dramático deste ela é obrigada a abandoná-lo, e apenas no fim regressa para os seus braços. Esta obra prova que uma mulher não necessita de um homem para sentir-se realizada, ela pode ser independente e livre. 

 

2- Persuasão

 

   Jane Austen é uma das escritoras mais famosas do século XIX, que soube retratar com precisão a sociedade inglesa. Este foi o seu último livro publicado que retrata a história de Anne, uma jovem que é presuadida a desistir do homem que ama por não acharem apropriado para ela. Anos mais tarde ela se encontra de novo com ele, e a situação mudou. Uma vez que este é capitão de um navio e procura uma noiva. A carta , em que ele revela os seus sentimentos, é deveras emcionante. Encontro-me completamente rendida aos livros desta autora.

 

1- Orgulho e preconceito 

 

    Este foi um dos livros que mais me apaixonou. É a obra mais famosa de Austen, e aquele com um dos personagens masculinos mais encantadores. Mr Darcy! Há como não amá-lo? Apesar de ser um pouco orgulhoso, e não querer dar o braço a torcer não deixa de ser um verdadeiro cavalheiro. E Elisabeth Bennet é outra das personagens femininas mais inteligentes, que ao contrário das suas irmãs não pensava sempre em casamentos e adorava ler. Sem dúvida merece o primeiro lugar. Um livro fascinante!

Relendo Harry Potter - 6ª livro # Harry Potter e o príncipe misterioso

por S.C.Jesus, em 17.08.16

     Finalmente consegui acabar o sexto livro da saga Harry Potter. Queria acabar de ler mais cedo, mas tinha outros livros para ler. Mas como vos prometi, e o prometido é devido, vou fazer-vos esta crítica!

Harry Potter e o príncipe misterioso começa mostrado-nos o exército de Voltemor, que agora está cada vez mais forte... E começa a controlar o ministério, tendo dementers e lobisomens do seu lado. A escola de Hogwards já não é tão segura quando parece. E os perigos aproxima-se cada vez mais da vida de Harry Potter... No seu sexto ano, Harry depara-se com um livro de poções que premite com ele seja um aluno brilhante. O livro pretencia a um antigo aluno que se atitulava príncipe meio-sangue. Para além deste mistério, seu inimigo Malfoy anda cada vez mais estranho o que faz que Harry desconfie das suas tenções. Verficando-se no fim que ele tinha razão...              ( Malfoy estava do lado dos deventores da Morte).

   Os acontecimentos do livro anterior levam a que Harry necessite de um trenaimente especial para poder enfrentar o Senhor das trevas. Dumbledor encarrega-se de prepara-lo, dando a conhecer o passado do vilão. Nessa viagem vicamos a conhecer o pequeno Tom Ridle, o aluno exemplar e o feiticeiro vingativo. Compreendemos finalmente o que levou ele acomenter tantos crimes. E também já sabemos como Harry pode derrota-lo... Tem encontrar os horcouxs. E o próximo livro se centrara nisso. O final do livro acaba de novo com uma tragédia. O destino de Harry Potter para ser ver as pessoas que ama morrerem!

Espero conseguir ainda reler o último livro antes das férias acabarem. Mas não vos prometo nada. 

Boas leituras!

 

Tag 4 elementos

por S.C.Jesus, em 12.08.16

Encontrei esta tag no blog Livros e gatos, e achei uma maneira muito original de recomendar livros. O objetivo da tag é nomear livros que possuem os quatro elementos: terra, ar, fogo e água. Posso dizer que foi um pouco difícil encontra-los, mas acabei por conseguir.

1- Fogo:

Encontrar um livro com o elemento fogo na capa

   Nomei este livro, Nero: o reinado do Anticristo pois foi o livro que encontrei onde o elemento fogo estava mais presente. A obra aborda a vida do imperador Nero, que foi um verdadeiro tirano e para muitos considerado um verdadeiro anticristo. A imagem da capa refere-se ao grande incendio de Roma, que deu-se no reinado deste imperador. Os historiadores afirmam que Nera deliciou-se ao ver as chamas queimarem a cidade.

Foi um livro que deu-me muito pazer em ler, não só porque adoro História mas também por gostar de conhecer a vida destas figuras emblemáticas!

 

2- Encontrar um livro com capa vermelha

   Desta fez nomeio um livro do género fantasia. O universo de vampiros nunca me fascinou. Mas fiquei curiosa sobre este livro. Por ser um clássico, e por estar escrito em cartas. E devo dizer que não me desiludi. Mostra-nos de facto uma criatura monstrousa, e sedenta de sangue. É assim mesmo que imagino os vampiros... E não aquelas criaturas melousas que o cinema tem traziado!

 

3- Terra:

Encontrar um livro com o elemento terra na capa

   Este é um livro muito especial, por falar na terra onde nasci, a ilha da Madeira, e também por relatar a tragédia do 20 de Fevereiro. A obra é uma coletanea de contos, baseada em factos verdadeiros. É um leitura um pouco díficil e muito emociante. Tive até o prazer de conhecer a escritura, que um ser humano extraordinário!

 

4- Encontrar um livro que cor verde

  Nomeio um dos livros que mais me marcou na minha infancia, a saga Harry Potter. Harry Potter e o cálice de fogo é o quarto livro desta maravilhosa saga! Quem não conhece o famoso feiticeiro que derrotou o senhor das trevas, e que viveu milhares de aventuras na escola de magia de Hogwards? Se ainda não conhece, por favor vai-a ver o meu o meu post sobre o Harry Potter. Estou relendo de novo estes livros, e publicando no meu blog as minhas opiniões.

 

5- Ar:

Encontrar um livro com elemento ar na capa

 Posso dizer que este foi o elemento mais difícil de encontrar. Mas por fim decidi escolher este livro. Sombras queimadas é uma obra que se passa na segunda guerra mundial, e narra a história de uma mulher que perde seu marido na bomba de Nagásaqui. Ela é obrigada a procurar a família deste na Índia, e seguir em frente. É um livro que nos toca muito. Eu fiquei emocinada a le-lo. Para mim é difícil ler livros que falam sobre guerra, principlamente sobre as guerras mundias.

 

6- Encontrar um livro de cor branca

 A maioria das pessoas pode achar que este livro é para crianças. Mas O principezinho é uma obra que tanto pode ser lida por crianças ou adultos. Fala-nos de um jovem que vive num planeta distante, e que tem uma porfundo amor por uma vaidosa rosa. Mas ele o rejeita, então ele é obrigado a partir e viajar pelos diferentes planetas.

Para mim este é um dos livros mais belos que li. É uma verdadeira lição de vida! É deste livro o dono de frases como " o insencial em invisivel aos olhos" ou " tu és responsável por aquilo que cativas". Se ainda não conhecem, podem le-lo. É uma leitura rápida e muito prazerosa. 

 

7- Água:

Encontrar um livro com o elemento de água na capa

   Já deve ter precebido que gosto muito de sagas de livros. O outra das minhas preferidas é As crónicas de Nárnia, e este é o meu livro preferido da saga. O livro narra a viagem de Lucy e Edmund no barco de Caspian. Pelo caminho encontram muitas ilhas misteriosas, e alguns mistérios... Adoro o mundo de Nárnia! E as minhas personagens preferidas são a Lucy e Aslan. 

 

8- Encontrar um livro com capa azul

 Tenho muitos livros de capa azul na minha estante, mas optei por mostra-vos o mais bonito. Amo esta capa. Demonstra já um ambiente fantásmagorico! A obra narra a história de Diana, uma bruxa moderna que vive a sua vida como uma simples humana. Contudo todo muda quando ela encontra um velho manuscrito, e liberta criaturas sobrenaturais que se encontravam presas. Ela conhece Mattew, um vampiro que tem mais de cem anos e que já viveu em muitas épocas. Aos poucos ela deixa-se encantar por ele... Mas sua vida não será fácil. Pois esse manuscrito reserva mais segredos do que imaginam!

A noite de todas as almas é o primeiro livro deste encantador triologia. Na minha opinião o segundo é o melhor, pois o casal faz uma viagem no tempo e vai parar a Inglaterra do século XVI. Eu já li os tres livros, e posso dizer-vos que adorei conhecer Oxford e as suas bruxas.

9- Elemento Bónus

Um livro com verde, azul, branco e vermelho na capa

  Este ao contrário dos outros é um livro educativo, relatando vários acontecimentos da História da mundial e explicando-nos o que aconteceria se tais não tivessem existido. É de ficar supreendio... Uma maneira diferente de ver a História!

 

Bom... por hoje é todo. Espero que tenham gostado. E se tiverem interessados também podem fazer esta tag!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos